LIBERDADE AQUI!

Um Espaço de Liberdade de Expressão

JN acusa povo paulistano de ser o mais porco do país

Posted by Liberdade Aqui! em 25/01/2011

POR EDUARDO GUIMARÃES, EM SEU BLOG

O Jornal Nacional de 24 de janeiro, 2ª feira,  apresentou reportagem sobre as enchentes em São Paulo. Mostrou a dimensão do caos, as mortes, os prejuízos imensuráveis e apresentou a causa de toda essa tragédia: a população local, que atiraria avalanches de lixo nas ruas, entupindo bueiros e diminuindo a calha do rio Tietê devido à correnteza da água da chuva, que levaria tudo para o rio.

Como a capital paulista é a região urbana que mais alaga no Brasil, e se é o lixo que o povo atira que provoca as inundações, pode-se supor que o povo de São Paulo é o mais porco, o mais irresponsável e o mais mal-educado, pois nenhuma outra grande cidade alaga de forma sequer parecida, inclusive proporcionalmente à população que abriga.

A reportagem não deixa dúvida de que é o povo de São Paulo o culpado por essa situação de verdadeiro caos que vai tomando a cidade, pois entrevista algum chefete das obras de limpeza da calha do Tietê e ele diz, claramente, que está cumprindo a sua obrigação, mas que o povo atira mais lixo na rua do que as esforçadas administrações do Estado e do município de São Paulo conseguem recolher.

Como a reportagem não disse se houve aumento, diminuição ou manutenção dos serviços que essas administrações fazem para diminuir os efeitos das chuvas de verão em São Paulo, pode-se supor que verificou esse dado e nada encontrou que desabonasse tais serviços. Não deixa de ser estranho, porém, que não tenha dado essa informação ao telespectador.

Enfim, ao menos a Globo acha que o culpado pelas enchentes em São Paulo, é o povo. Aliás, pelo menos nos bairros ditos nobres é isso o que diz, também, a população. E já vi gente de bairros populares confirmar tal versão.

Então somos, os paulistanos, uns suínos de duas patas, certo? Porque todos vêem que o lixo é atirado nas ruas de São Paulo em qualquer bairro. Moro no Paraíso, vizinho dos Jardins, e já vi colocarem de sofá a geladeiras na rua. Isso tudo vai pro esgoto, suponho…

Há uma outra possibilidade, porém. Talvez os paulistanos não sejamos o povo mais porco do país – ou do mundo, de acordo com o tamanho da nossa catástrofe pluvial. Talvez os governos Serra e Kassab não tenham feito tudo o que deviam na prevenção de enchentes por conta das centenas de milhões de reais que gastaram em publicidade no ano passado.

E talvez a Globo, descaradamente, tenha tentado jogar na cabeça dos paulistanos a culpa pelas enchentes. Mas não pela razão correta de terem votado como votaram para prefeito e governador, ou seja, em políticos que têm pelos seus eleitores burros o mesmo respeito que estes têm por si mesmos ao aceitarem o papel que querem lhes impor usando o Jornal Nacional.

 

Anúncios

2 Respostas to “JN acusa povo paulistano de ser o mais porco do país”

  1. Olá, sou paulistano e talvez a Globo devesse nomear como paulistanos, pessoas que nasceram aqui, pois a grande maioria que comete essas atrocidades, são pessoas que vem de outras cidades em busca de empregos.

    • Prof. Leandro said

      Leonardo… que é isso.
      Quanto preconceito.
      A gente se torna parte do lugar onde a gente vive.
      Independentemente de onde nasçamos.
      Dizer que quem vem de não sei onde é que faz as atrocidades é a maior prova da xenofobia atroz que tem tomado conta de SP.
      Triste sina.
      Reflita.
      Hoje somos todos cidadãos do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: