LIBERDADE AQUI!

Um Espaço de Liberdade de Expressão

COMPANHEIROS!

Posted by Liberdade Aqui! em 09/07/2010

Do Blog do Esmael Morais

Osmar diz que “já aprendeu” chamar petistas de companheiros

Osmar se entrosa bem com a militância petista no giro pelo interior do Paraná.

Quem apostou num início de campanha de Osmar Dias (PDT) pesada por causa da companhia do PT perdeu feio. O giro pelo interior está fazendo bem ao pedetista, que tem brincado com os novos companheiros de viagem – os petistas.

“Vocês pensam que é fácil chamá-los de companheiros e companheiras? Levei um ano e meio para aprender falar isso”, diverte-se Osmar, ao dirigir a palavra para a candidata do PT ao Senado, Gleisi Hoffmann.

A descontração de Osmar, que está mais “vermelhinho”, parece que lhe aumentou a verve combativa. Ele disse que está gostando de ser recepcionado pela militância com estrelinha no peito.

Quando é questionado sobre as companhias do PT e do Movimento Sem Terra (MST), o candidato da coligação “A União” responde afirmando que o governo Lula é plural e que sempre deu espaço à diversidade política e ideológica.

“Não consta que o ex-ministro Reinold Stephanes, o melhor ministro da Agricultura que esse país já teve, tem um DNA esquerdista”, salienta.

Nas entrevistas coletivas e nas reuniões que vem fazendo pelo interior do Paraná – nesta tarde, por exemplo, ele está em Foz do Iguaçu (Oeste) e amanhã cedo estará em Campo Mourão (Noroeste) – o pedetista não tem poupado de críticas o ex-prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), principal adversário na disputa pelo Palácio Iguaçu.

De forma velada, sem citar o nome do tucano, Osmar tem frisado que gosta de honrar os compromissos assumidos. “Um dos meus adversários não costuma cumprir compromissos”, alfineta.

Osmar tem rasgado elogios ao governador Orlando Pessuti (PMDB), que abriu mão do sonho da reeleição em nome de um projeto coletivo. “O gesto de grandeza do Pessuti será transformado em energia para continuarmos as boas políticas públicas do governo do Paraná”, ressalta.

“Não defendo um projeto pessoal, pois eu represento uma vontade coletiva das boas práticas públicas”, afirma, garantindo que, se eleito, dará continuidade ao programa do leite, da tarifa social da água, entre outros.

“O outro lado é uma incógnita”, repete Osmar, referindo-se, é claro, à sanha privativista dos tucanos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: